SBAU é membro do Conselho Latinoamericano de Arboricultura (CLA) e participou da sua fundação

Simbolicamente cada país escolheu uma árvore símbolo para representá-los, e o Brasil elegeu o Pau-Brasil

Em maio de 2020, representantes de países da América Latina se reuniram virtualmente para formar o Conselho Latinoamericano de Arboricultura (CLA). Formado especificamente pelos presidentes das Associações de Arboricultura do Equador, Colômbia, Costa Rica, Peru, Bolívia, Argentina e Chile, e o Brasil, através da SBAU, presente desde os primeiros passos da constituição do Conselho. O (CLA) tem como objetivo avançar na profissionalização do ramo da arborização, mediante o estabelecimento de regras e boas práticas para cada região.

A proposta desta instituição é baseada no Conselho Europeu de Arboricultura, entidade certificadora em nível da Comunidade Europeia, desta forma o objetivo é trabalhar na certificação de profissionais e empresas a nível Latino-americano.  Através da educação e intercâmbio de conhecimentos, investigação e processos para conscientização dos benefícios das árvores e seus espaços naturais. Fortalecendo a necessidade de conservação para melhorias na qualidade de vida urbana entre suas principais ações está a Certificação dos profissionais e das publicações técnicas.

 “Durante as primeiras reuniões, quinzenais, foram discutidas as minutas do Estatuto, da Ata Constitutiva, do Código de Ética e do Planejamento estratégico do CLA, sua logomarca, e foram realizados contatos com a Associação Espanhola de Arboricultura, que se dispôs a apoiar a formação do CLA”, explicou Luiz Octavio Pedreira secretário regional sudeste da SBAU, que participou das reuniões, junto com o presidente Sérgio Chaves.

Nesse primeiro momento, onde o CLA dá os primeiros passos onde foram levantados custos e tratativas envolvidas na criação de uma instituição multinacional nos diferentes países constituintes. O Equador foi escolhido para sua constituição e sede e o dia 20 de junho foi definido para a Assinatura Simbólica de Criação do Conselho Latino-americano de Arboricultura – CLA. Atualmente, está sendo providenciada a documentação que cada país deverá encaminhar para a efetivação da criação do CLA, no Equador.

Como primeira iniciativa, o conselho está apoiando o Curso Virtual para Trabalhadores em Árvores, para capacitar os profissionais que trabalham em árvores na América Latina, nos dias 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de outubro. Curso oferecido pelo colega Eduardo Medina, Arborista Certificado ISA, Trabalhador em Árvores Certificado/ Especialista em Escalada em Árvores ISA, Especialista em Trabalho Aéreo em Árvores e em Segurança, Conferencista Internacional, Presidente do Campeonato Internacional de Escalada em Árvores da ISA e Instrutor da Companhia Davey Tree Exper.

Para acompanhar de perto os próximos passos do CLA, acesse: www.cla-arboricultura.org